A criançada só queria brincar

Os animais livres pelos quintais

Era cachorro

Era gato

E até ave de rapina

Na imaginação daquela menina

Quatro vezes levantada

Quatro vezes derrubada

Era labuta

Era dia ensolarado

Em meio a chuva

Como diz o ditado

Casamento de viúva

Uma rede em meio ao tempo

Aqueles pés

Pegavam o vento

O doce do cacau

Podia sentir

Uma bomba d’água

Para refrescar

No final do dia

Em meio a confusão

Pedra

Cimento

Tijolos

Para o assentamento

Era tempo de mutirão

E os olhares de esperança

E contentamento

Com aquilo

Que transbordava do coração

J. Nobre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s