Pegaram a minha história

E fizeram um filme dela

Sem que eu percebesse

Era filmada todos os dias

Do alto

Enquanto eu estava andando

Uma lente

Apontada para mim

A passos largos eu prosseguia

Parei aqui e ali

Segui

Algumas vezes

Somente prossegui

Eu dancei

Suei

Dei o meu melhor

Minhas malas

Puseram nas portas

O grito ecoava no vão da casa

O mogno se partia

Engoli a seco

Toda aquela rebeldia

Um abraço apertado

Um adeus redobrado

Seu olhar ainda está guardado

Lá ia a sonhadora

Cantando suas histórias

Chapéu tombado

Levando os seus escritos

Todos dobrados

Focada

Renovada como águia

Dia após dia

Um filme

Era assim

Em todas as estações

Escalando em meio a selva

Em uma noite

Rude e molhada

Simplesmente

Lá estava ela

O Mar balançou

A estrada empoeirou

Mas o ar

Me purificou

Eu voei

Nos braços dAquele

Que me encontrou

J. Nobre