O amor
Ah! O amor
Ela sonhava com ele
Esperava por ele
O tempo trabalhou
Atrasado
Acelerado
Ela era protagonista de um tempo que seria só dela
De uma história que não se encontra nos livros
Onde está o amor?
Será que vai chegar?
O relógio está rodando
E lá vai ela pela cidade
Distraída, com jeito inocente
Era uma rua cheia de árvores
Lembrara seu quintal
Cheiro de infância
Hum…vou descansar. Ela pensou
Uma calçada!
E ali seria seu trajeto todos os dias
Um ano se passou
Até que ela mudou-se dali
Já não caminhava mais por ali
Agora ela andava de ônibus
Olha!
Descansei muito naquela calçada. Disse ela
Ela ja tinha outro trajeto
Coisas estariam prestes a acontecer
Um telefonema
Uma decisão
De repente, ela saltou do ônibus
Não sabia, mas, estava prestes a encontrar o seu grande amor
Um olhar
Seu coração logo acelerou
Será que é amor? Ela pensou
Ela contava cada segundo para olhar para ele
Em seus sonhos
Em seus pensamentos
Ele passara a morar
O relógio está rodando
E é hora dela ir embora
Como o mundo é pequeno
E aquela cidade, mais ainda
Ele na verdade era o dono da calçada
E agora, do seu coração

O relógio está rodando
E o tempo trabalha
Atrasado
Acelerado
Encontros e desencontros
Parece estarem tão longe, porém, tão perto

Ah! Esse relógio
Que trabalha tão atrasado
Tão acelerado
Agora eles são vizinhos
Mas, ela sabe que o amor que habita em seu coração
Jamais fará fronteira com o dele
Agora acabou
Ela já faz seu tempo
O relógio, ela quebrou
Desempregado ele ficou
Já não trabalha
Nem atrasado
Tampouco acelerado
Ela só foi uma menina que esperava na calçada

J. Nobre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s